Hoje não vou postar receita nenhuma, apenas uma sugestão de um produto alimentício que comprei recentemente e super aprovei: o “Sucrilhos” (flocos de milho) da Cultivar Brazil. É como um desses Corn Flakes comum, mas com uma enorme diferença – é feito de MILHO, e ponto final. Não tem sal, açúcar, gorduras ou aditivos, nadinha, só milho. E, se duvidar, ainda pode ser orgânico, apesar de não indicado no rótulo (todos os outros produtos da empresa Cultivar Brazil são orgânicos, inclusive os biscoitos de milho… por que esse não seria também?). Aqui em casa consumíamos Sucrilhos antes de começarmos essa “revolução nos hábitos alimentares”. Confesso que adoooro Sucrilhos, principalmente aquele mais tenso de todos, da Kellogg’s – confirmadamente transgênico e com níveis de açúcar e sal inacreditavelmente altos, além de aromatizantes, corantes, estabilizantes e outros aditivos mais – e o Mai também comia. Outro dia mesmo o Gustavo voltou do mercado e trouxe um pacote dessa iguaria alegando “estar em promoção”… AAAAH! Só matando. E acabei me entupindo de Sucrilhos (ninguém é de ferro… evito comprar para evitar comer, mas quando compram fica difícil!), resultado: uma dor de cabeça enorme que só passou depois que fui dormir. E nunca tive isso! Deve ter sido a falta de costume ao excesso de açúcar, vai saber.

Então achei esse feliz pacotinho de flocos de milho só com milho da Cultivar Brazil, levei para casa, misturei com castanhas picadas e uvas-passas e já virou o lanche favorito do Mai, para minha alegria (como as passas já são naturalmente doces, nem precisa adoçar. Mas se você quiser tentar a mistura e achar pouco doce, mel deve resolver o problema)! E o preço também é convidativo: o pacote com 150g custou mais ou menos R$2,50 – o pacote de Sucrilhos Kellogg’s de 300g custa em média R$6,50 – ou seja, levando 300g pago ainda mais barato que o Sucrilhos. Aí está um exemplo de produto saudável mais barato que o produto “tradicional”! Minha saúde e meu bolso agradecem. ;)

E sobre os melfícios de Sucrilhos, Nescau Cereal, Corn Flakes e outras marcas mais, principalmente para crianças, dêem um Google e busquem as pesquisas recém realizadas pela Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor). Vou colar aqui as partes mais interessantes:

“Uma porção de 30 gramas de sucrilhos de chocolate da Kellogg’s (uma tigelinha), por exemplo, tem 205 mg de sódio. Uma criança de um a três anos deve consumir, por dia, no máximo 225 mg desse mineral –ou seja, uma única porção equivale a 90% das suas necessidades diárias.” - PS: sempre que ler “sódio” num rótulo, saiba que está lendo “sal”. É sal demais! Agora some com o resto de sal que essa criança vai ingerir nas demais refeições, é assustador!

“De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o ideal é que uma criança de até três anos consuma, no máximo, 14 gramas por dia de açúcar.” - PS: no rótulo do Sucrilhos Kellogg’s tradicional, indica que uma porção de 30g tem 12g de açúcares! Novamente assustador, pois essa não é a única refeição com açúcar que a criança vai comer durante o dia… aí os índices de diabetes e obesidade aumentam e ninguém sabe por que.

“…a Nestlé afirma que seus cereais são para crianças de seis a oito anos e de nove a 13 anos, e não para aquelas entre um e três anos. Os seus pacotes, entretanto, não citam a idade recomendada.” - PS: aham, como se as crianças menores não consumissem esses produtos, e COMO SE OS PAIS DESSAS CRIANÇAS NÃO ACHASSEM ÓTIMO VER AQUELE MONTE DE VITAMINAS E MINERAIS NO RÓTULO E COMPRAM FELIZES PARA SEUS FILHOS, achando que estão fazendo a coisa certa. Eu mesma já caí nessa, infelizmente, mas sempre há tempo para corrigir erros.

Ok, acho que já dei meu recado. Se você tem filhos, sobrinhos, irmãos ou convive com crianças pequenas, passe adiante essas dicas! Obrigada. =)

About these ads